Metanalysis S01E07 – Agosto de 2020

Publicado por Álvaro França em

Metanalysis S01E07!

Saudações jogadores!

Retornamos com o Metanalysis, a sua análise mensal do metagame do Magic Online! Faremos novamente uma análise aprofundada do metagame, agora do mês de agosto!

Antes de mais nada, vocês sabiam que estamos no Instagram? Segue lá! Só clicar aqui ou buscar por @mind.gears no próprio aplicativo! Estamos agora também no Twitter! Todas as nossas atualizações e muito mais, podem ser conferidas também aqui (@mind_gears)!


No mês de julho, vimos o Tron brigar pelas melhores colocações com os aggros do formato na primeira quinzena do mês, até a chegada do anúncio de banimentos que levou Expedition Map e Mystic Sanctuary. Nesse ponto, o formato sofreu uma perturbação e o metagame passou algumas semanas sem um ponto de estabilidade. Até que, no último evento do mês, pudemos observar alguns padrões que indicavam um formato que começava a se resolver novamente.

Nossas perspectivas para as primeiras semanas do mês de agosto foram de aumento de aggros no geral e de Boros Monarch, e uma queda gradativa de Trons e variantes azuis. Vamos começar nossas análises e checar se nossas expectativas foram satisfeitas?

É o 2020 no confinamento, e mais eventos no Magic Online!


Agosto de 2020

Na segunda quinzena do mês de julho, vimos o impacto que o anúncio de banimentos gerou no metagame. Alguns eventos apresentaram resultados atípicos e os padrões de escolha dos jogadores tornaram-se pouco previsíveis. No último evento do mês conseguimos ver então a possibilidade de uma nova estabilidade, com uma alta no número de Boros Monarch, e reforçando o potencial de arquétipos como o Monarch Tron e o UB Faeries. 

Começamos assim o mês de agosto esperando que, pelo menos inicialmente, víssemos menos Trons, mais midranges, e possivelmente mais aggros.


Primeira Quinzena de Agosto

Começamos o mês já com uma leve desconcordância com as nossas análises. No evento do sábado, dia 1 de agosto, tivemos o Tron como campeão, e também como arquétipo mais presente no evento. Mas, alerta de spoiler: foi o único primeiro lugar do arquétipo no mês, apesar das outras ótimas colocações que veremos no decorrer da nossa análise.

Stonehorn Dignitary by Dave-Kendall.deviantart.com on @DeviantArt | Fantasy  beasts, Mtg art, Fantasy dragon

Podemos considerar que essa foi uma resposta natural dos jogadores ao metagame da semana anterior. Com um evento repleto de Boros Monarchs e Stompys, é natural que os adeptos do chamado “Fog” Tron voltassem a sua escolha original. 

Em segundo lugar, e segundo arquétipo mais presente do evento, tivemos o Boros Monarch. Nessa, nossa previsão foi certeira. Com uma expectativa de metagame menos direcionado a Tron, era provável que Boros Monarch ainda fosse uma potência pelo menos nos próximos eventos. Nas outras colocações vimos Stompy, outros Trons (inclusive nas mãos do piloto brasileiro MatheusPonciano), UR Skred e o arquétipo em ascenção do mês de julho, Monarch Tron, em oitavo lugar nas mãos do Mathonical, já conhecido por essa escolha. Aproveitando a deixa, já que o arquétipo não utiliza mais das mecânicas do monarca com Palace Sentinels, acho coerente mudarmos a convenção. Assim, passaremos a utilizar White Tron no lugar de Moonarch Tron, tanto nesse artigo como nos futuros.

Importante salientar ainda que, assim como no mês passado, os melhores resultados tanto do Tron quanto do White Tron, foram na maioria, obtidos através dos mesmos jogadores. A maioria é membro do time italiano Golden Pigs. No caso deste evento, foram os jogadores Modern_Monkey (campeão), SanPop, o já citado MatheusPonciano (talvez o menos comum em questão de resultados com o Tron em específico), Mathonical, e no top 32, A_AdeptoTerra, Anssi A, Hampuse1 e Oscar_Franco.

Como terceiro e quarto arquétipos mais jogados, tivemos, respectivamente, o UR Skred e o UB Next Level Drops. O primeiro, inclusive, foi pilotado pelo TopGrinder, que ficou em terceiro lugar no evento. Guarde essa informação, ela será relevante em breve!


The Three Types of Skred Red (Guide) : SkredRed

No evento do dia seguinte, 2 de agosto, tivemos novamente o TopGrinder aparecendo no top 8. Dessa vez foi campeão, pilotando o mesmo arquétipo do evento anterior, o UR Skred. Neste evento, já não vimos tantos Boros Monarch como antes. Apenas três cópias apareceram em todo o evento que contou com 70 jogadores. Apesar disso, o arquétipo também fez top 8, em segundo e sétimo lugar. Tivemos ainda a variante Boros Bully que ficou em terceiro lugar. 

O único Tron no top 8 foi o White Tron, e dou um centavo a quem descobrir o piloto. Claro que, como de costume, o Mathonical foi até os 8 melhores com o arquétipo e ficou em sexto lugar.  

Em quarto lugar tivemos um UB Next Level Drops. Das cinco cópias presentes no evento, tivemos duas no top 16 e mais uma no top 32. Para o UR Skred, de suas 4 cópias, tivemos duas no top 16. Guarde essa informação novamente, ela também será relevante!

Em quinto lugar, tivemos o brasileiro _against_,pilotando um MonoB Midrange, com direito a quatro Bone Pickers e três Cast Downs, duas cartas que receberam downgrade na recém lançada Double Masters, e que vem ganhando bastante espaço no metagame junto a Abrade, que também recebeu downgrade.

E, em último lugar no top 8, tivemos um Affinity, que também foi o arquétipo mais presente no evento. 

Apesar da composição do top 8, os arquétipos mais presentes foram, respectivamente, o já citado Affinity, o GW Auras e o MonoB Midrange. Nota-se de cara a queda no número de Trons no evento. Mas, olhando os número a fundo, vemos que o único jogador convencional de Tron neste evento foi o Oscar_Franco. O Hellsau também estava presente mas teve que abandonar o evento devido a problemas técnicos com o Magic Online. Assim, pergunto novamente: seria uma coincidência que, nos eventos em que os jogadores que comumente fazem resultados com o Tron não estão presentes, nenhum Tron chegue aos melhores colocados?  


No evento do sábado da semana seguinte, dia 8 de agosto, tivemos novamente o TopGrinder como campeão, pilotando o mesmo arquétipo, UR Skred! É um fato raro ver um mesmo jogador campeão de dois eventos seguidos, e ainda utilizando o mesmo arquétipo.

Lembram que pedi pra guardar uma informação útil alguns parágrafos atrás? Pois então, nesse evento, tivemos o UR Skred como o arquétipo mais presente, seguido do Tron em segundo lugar e do UB Next Level Drops em terceiro. Uma mudança clara depois de algumas semanas com esses arquétipos em baixa. Foi o primeiro pico de presença desses arquétipos desde o banimento de Mystic Sanctuary. Digo primeiro, pois esses e mais alguns tiveram ainda um papel fundamental no restante do mês, e veremos adiante.

Em segundo lugar tivemos o brasileiro Hamuda pilotando o UB Next Level Drops, um dos arquétipos que comentamos no parágrafo anterior. Além disso, uma outra cópia do mesmo arquétipo ficou em sétimo lugar, nas mãos do, também brasileiro, Carvs. Assim, no geral, as estrelas do evento foram os arquétipos já citados, e o Tron, que mais uma vez apareceu nos melhores resultados nas mãos de jogadores mais conhecidos como o mlovbo e o A_AdeptoTerra. Uma outra cópia do Tron também apareceu em nono lugar, pilotado pelo SanPop. Mesmo em boas posições, todos os Trons acabaram sendo devorados pelos midranges azuis que apareceram com força neste evento.

Pra finalizar, tivemos em quinto lugar um BW Pestilence, em oitavo um Stompy, e em sexto um Boros Monarch pilotado pelo brasileiro Leobertucci. No geral, esses arquétipos estiveram presentes em menor número no evento, o que aumenta a fidelidade dos seus resultados. Digo isso pelo efeito “qualidade x quantidade” que já citei em alguns artigos passados, que pela lógica dita que arquétipos em maior número têm mais chances de chegarem até as melhores posições.


Quirion Ranger | Patrulheiro Quirion - Magic: the Gathering MTG

No último evento da primeira quinzena, dia 9 de agosto, vimos que os resultados do sábado tiveram bastante influência. Como uma tentativa de lidar com os midranges azuis, o número de Stompys subiu em presença, sendo o arquétipo mais presente do evento, mas acabou não alcançando as melhores posições. O número de UB Next Level Drops também subiu, sendo o segundo mais presente, ganhando já mais popularidade e mostrando listas mais parecidas entre os jogadores. E por fim, devido aos bons resultados dos midranges azuis nos eventos passados, o número de Trons caiu drasticamente, tendo apenas dois em todo o evento. Vamos analisar esse último fato com um pouco mais de cuidado.

Dos dois Trons presentes, ambos fizeram top 8. De fato, mostra que o arquétipo é bom, forte, e que ocupa a alta cúpula do formato sem sombra de dúvidas. Mas, volto ao caso em que os jogadores que o usa impactam, de forma geral, mais do que o arquétipo em si. Ambas as cópias neste evento foram pilotadas por jogadores também já conhecidos, o A_AdeptoTerra em terceiro lugar, já citado anteriormente, e o Parallax em quinto lugar. Fica mais uma vez essa importante reflexão sobre o tema!

O campeão do evento foi o jogador saidin.raken, conhecido por ser um jogador fiel ao UW Familiars. E dessa vez não foi diferente. Desse modo, mesmo após o banimento, o saidin se manteve firme a lista e tem mostrado resultados tanto no Pauper Challenge, quanto nas ligas! 

Tivemos também um UB Faeries, em segundo lugar, pilotado pelo Oscar_Franco (que normalmente opta pelo Tron, mas mostrou que sua escolha de arquétipo nem sempre é o que vai perturbar o seu resultado). Este é mais um arquétipo que venho comentando já há alguns meses nos nossos artigos, que tem grande potencial no formato. Guardem mais essa informação pois ela também será relevante para nós adiante! Além disso, é importante ressaltar também que esse arquétipo só possuía uma cópia no evento todo, e foi justamente a que foi até o segundo lugar, aumentando a confiabilidade do seu resultado.

Ainda tivemos um Stompy em quarto lugar, um Boros Bully em sétimo e um MonoB Midrange na última posição do top 8. Pulei o sexto lugar pois é preciso fazer uma menção honrosa ao arquétipo que ficou conhecido como Brute Squad, e foi pilotado pelo deluxeicoff, que mostrou resultados com o deck também nas ligas. É um arquétipo novo no formato, apesar de se basear em uma ideia já conhecida que é o abuso do Metalcraft com terrenos artefato e artefatos úteis para aggros, mas já vem exibindo bom potencial.

Os arquétipos mais presentes no evento foram o Stompy em primeiro, seguido respectivamente do UB Next Level Drops e do Burn. Assim, essa mudança para um metagame mais aggro pode ter sido fortemente influenciada pelos resultados dos eventos anteriores que mostravam muitos midranges azuis.

Finalizamos a primeira quinzena e, em resumo, os midranges azuis foram as estrelas. Assim, os aggros, mesmo quando em grande número, não mostraram resultados muito relevantes. Já o Tron segue como um controle de saúde do formato, se aproveitando das melhores oportunidades para tomar as boas colocações que teve. Como será que o metagame se comportou no restante do mês? Vamos conferir!


Segunda Quinzena de Agosto

A segunda quinzena de agosto foi um pouco mais longa, contou com seis ao invés dos convencionais quatro eventos. Como de costume, agosto é um mês mais longo pra todo mundo, até para os jogadores de Magic:The Gathering!


No evento do sábado, dia 15 de agosto, tivemos uma resposta clássica à presença de mais aggros no evento anterior, jogando a escolha dos jogadores nos braços dos midranges dessa vez. Apesar do Stompy ter sido o arquétipo mais presente, com direito a uma cópia em quarto lugar no top 8, o segundo e terceiro arquétipos mais presentes foram, respectivamente, Tron e Boros Monarch. Este último caiu em número nos três últimos eventos, mas voltou com força para aproveitar a janela de aggros no metagame. O quarto arquétipo mais presente foi o midrange, dessa vez azul, UR Skred. 

Spellstutter Sprite | Sílfide Magioclasta - Magic: the Gathering MTG

O campeão do evento foi o Oscar_Franco, pilotando mais uma vez o UB Faeries. O arquétipo mostrou muito de sua força neste mês. Consegue jogos favoráveis contra Tron, e jogos equilibrados contra Stompy e Boros Monarch. Uma provável dificuldade do arquétipo é o Affinity e suas variações, que sequer apareceram neste evento. A velocidade do Affinity convencional, a versatilidade do Jeskai Affinity, e ainda o combo Atog+Fling, podem colocar em xeque a estratégia Tempo do UB Faeries. No geral, pelos resultados já disponíveis, o arquétipo acaba por se consolidar como parte do metagame, e deixa de ser uma variação secundária de outro arquétipo.

Tivemos também dois Trons no top 8. Um deles pilotado pelo CrilaPeoty, mais um membro do time Golden Pigs, e o outro pelo brasileiro Alleyezonme, também fiel ao Tron em suas escolhas recentes. Além disso, tivemos três Boros Monarch, em terceiro, quinto e sétimo lugar. Este último foi pilotado pelo também brasileiro _Batutinha_, que recentemente anunciou que ingressou no Time Bolts da Ligamagic. Podemos esperar mais conteúdos para o Pauper?

Por fim, o oitavo lugar do evento foi um UR Skred, mostrando mais uma vez a tentativa dos midranges de dominarem os aggros do formato.


No evento seguinte, 16 de agosto, tivemos mais uma vez o TopGrinder como campeão, pilotando o mesmo UR Skred! Três vitória e um top 8 até então, é um ótimo resultado para apenas um mês. Este jogador está afinco ao UR Skred, não aparece em nenhum evento do mês com outro arquétipo.

No top 8, tivemos ainda dois Trons pilotados pelo Capine e pelo Parallax, respectivamente em segundo e sétimo lugares, e o recorde inusitado de três Jeskai Blink. Este último, teve todas as cópias pilotadas por jogadores que normalmente optam pelo Tron, como o hadesblade, o A_AdeptoTerra e o Heisen01, respectivamente em terceiro, sexto e oitavo lugar. Isso nos mostra que, mesmo sem escolher o Tron, é bem provável que esses jogadores tenham bons resultados nos eventos, o que reforça ainda mais a nossa tese do peso em que os pilotos têm no resultado geral que vemos de um arquétipo. 

E, pra finalizar, tivemos um Burn, que há muito não fazia bons resultados, em quarto lugar, e um Boros Monarch em quinto, pilotado pelo brasileiro Leobertucci novamente. Com um metagame voltado para midranges e controles, é natural que o Burn acabe fazendo um bom resultado vez ou outra.

O top 3 mais presentes no evento, apesar da composição do top 8 ser quase em metade de Jeskai Blink, foram, em ordem, MonoB Midrange, Tron e Boros Monarch. O Jeskai Blink contou apenas com quatro cópias, das quais três foram até os 8 melhores, reforçando novamente nossa tese.


Archaeomancer | Arqueomante - Magic: the Gathering MTG

Na semana seguinte, dia 22 de agosto, tivemos uma completa reviravolta e um primeiro breakpoint. O top 8, antes composto por vários Jeskai Blinks, agora encheu-se de Trons! Contamos com nada menos que quatro cópias no top 8. Este também foi o segundo arquétipo mais presente do evento, atrás apenas do UR Skred. Estrelou nas mãos do JakeHelms, Hampuse1, Oscar_Franco e o brasileiro Alleyezonme, do quarto ao oitavo lugar. Tivemos ainda mais um White Tron em terceiro lugar, nas mãos do Mathonical novamente. Quase dá para dizer que o arquétipo só faz bons resultados nas mãos deste piloto. Assim, com essa boa quantidade de Trons, podemos dizer que o primeiro breakpoint do mês foi nesse evento.

Contudo, nem tudo são “Trons”. O campeão do evento foi, novamente, um UB Faeries, pilotado dessa vez pelo brasileiro Hamuda. Escolha inteligente visto a possibilidade de mais Trons e o aparecimento de mais Boros Monarch no evento anterior. Esse último, apesar de não ser um jogo completamente favorável para o UB Faeries, entrega um jogo justo entre os dois arquétipos.

Em segundo lugar, tivemos também um brasileiro. O kampo, pilotou um Jeskai Affinity, uma lista mais comum nos eventos independentes e que até então aparecia mais nas ligas do que nos Challenges do Magic Online.

Por fim o hadesblade, que no evento anterior fez top 8 jogando de Jeskai Blink, ficou em nono lugar com um UB Control, lista pouco convencional mas que apresentou bom resultado, mostrando que nas mãos de jogadores competentes, muitos arquétipos podem ter resultados aceitáveis. 

O Stompy foi o terceiro arquétipo mais presente no evento, mas com uma boa quantidade de Trons e midranges azuis, não conseguiu chegar até os 8 melhores.


No dia seguinte, 23 de agosto, vimos novamente uma mudança nos padrões. Os jogadores mlovbo e Parallax ficaram, respectivamente, em segundo e terceiro lugar, jogando com o Tron que, dessa vez, foi o arquétipo mais presente do evento. Quase que “coincidentemente”, os resultados deste evento e do evento do dia anterior não foram publicados pela Wizards of the Coast em seu portal. Apenas esses eventos, nos quais o Tron mostrou importância no metagame novamente… Estranho.

MTG Decks para o Magic the Gathering - BurnMana

Em primeiro lugar, tivemos o brasileiro Liv_One, pilotando um dos meus arquétipos favoritos do formato, o MonoG Walls Combo! Comentei já em alguns artigos passados o potencial deste arquétipo, e o Liv_One só mostrou como isso é verdade. Além desse ótimo resultado no Challenge, o jogador vem fazendo bons resultados também nas ligas. Em um metagame com muitos Trons, este combo fica ainda mais forte.

Seguindo o top 8, tivemos um UB Faeries em quarto lugar, consolidando novamente a força do arquétipo, um UR Skred pilotado pelo Modern_Monkey em quinto lugar, e um UR Skred pilotado novamente pelo TopGrinder em sexto lugar.  Para finalizar, um Burn chegou novamente entre os 8 melhores e ficou em sétimo lugar, aproveitando a maré de Trons e conseguindo uma boa colocação. O SanPop ocupou a última posição do top 8, pilotando também e novamente, um Tron.

Lembram que pedi para guardarem a informação dos resultados dos midranges azuis alguns parágrafos atrás? Pois bem, como se não bastasse já os bons resultados, tanto o UB Faeries quanto o UR Skred foram bem presentes no evento, sendo o segundo e terceiro mais presentes, respectivamente. Tivemos até um bom resultado do Hamuda neste evento que, apesar de não estar no top 8, ficou em décimo lugar com o UB Faeries de novo.


Para finalizar, tivemos novamente um breakpoint no último final de semana do mês, nos eventos dos dias 29 e 30 de agosto. No dia 29 vimos novamente o Tron como arquétipo mais presente, mas apenas uma cópia no top 8, nas mãos do brasileiro Alleyezonme novamente. Esse já pode ser considerado mais um dos jogadores afincos do Tron. 

O campeão do evento foi um UW Familiars novamente, mas dessa vez foi pilotado pelo Blloodpet e não pelo saidin.raken. É uma boa escolha de arquétipo visto que os resultados anteriores tendiam para mais Trons presentes.

O segundo lugar ficou com o brasileiro _rEPTILIUM, pilogando um MonoU Delver e não o convencional GW Auras que costuma optar! Este é outro arquétipo que andava sumido nos Challenges, mas que ainda mostra resultados nas ligas e, pelo resultado do _rEPTILIUM, mostra também que ainda tem potencial mesmo sem o recurso do Mystic Sanctuary

Em quarto, sexto e sétimo lugar, tivemos mais três brasileiros! Respectivamente, _against_,  _Batutinha_ e Riuuk1, pilotaram um Jeskai Affinity, um UB Faeries e um Boros Monarch. 

Para fechar o top 8, tivemos um Elves em quinto lugar, e mais um UB Faeries, em oitavo lugar, mostrando que o arquétipo já caiu no gosto pessoal dos jogadores!


Fireblast | Explosão de Fogo - Magic: the Gathering MTG

No dia 30, mais uma reviravolta, e agora ainda mais surpreendente. O campeão do evento foi um Burn, arquétipo que praticamente nunca faz bons resultados nos Challenges. Como se não bastasse, mais um Burn estrelou no top 8 no quinto lugar! O arquétipo demora a fazer resultados, mas quando aparece, já aparece em dobro!

 Além disso, tivemos dois MonoG Walls Combo, em terceiro e oitavo lugar, esse último pilotado pelo Mathonical que desta vez abandonou o White Tron e voltou a pilotar o combo de barreiras.

O segundo colocado foi novamente um UB Faeries, agora já conhecido e famoso entre os jogadores. 

Por último, ficamos com um Boros Monarch em quarto lugar, um Affinity em sexto lugar e um MonoW Heroic em sétimo. Esses dois últimos arquétipos já não apareciam a tempos entre os oito melhores.

O importante a se ressaltar nesse evento foi a escolha dos jogadores. O arquétipo mais presente foi o Boros Monarch, resposta clássica a quantidade de midranges azuis que apareceram no evento anterior. O segundo mais presente foi o Affinity, pelos mesmos motivos.  Por fim, o Tron foi o terceiro arquétipo mais presente, deixando o trono de mais escolhido que ocupou nos últimos dois eventos. Apesar das escolhas, poucas cópias de cada um desses arquétipos foram até as melhores colocações, como o Tron que sequer foi até o top 8 desta vez. 


TL;DR

Começamos o mês com uma tendência de subida nos Trons, agora com listas mais consolidadas e contando com as novas ferramentas que Double Masters trouxe. Mas, os jogadores não deixaram barato e rapidamente vimos uma luta entre midranges azuis e Boros Monarch, onde inclusive nasceu a chama do UB Faeries que agora já é um arquétipo muito presente no metagame. Conforme os Boros Monarch iam aparecendo em maior número, e os aggros tentavam ganhar as colocações dos midranges azuis, o Tron voltava a apresentar desempenhos melhores, sempre nas mãos dos mesmos jogadores. Assim, o mês findou-se com um segundo breakpoint no qual podemos ver uma tendência de aggros e midranges azuis mais presentes, principalmente o UB Faeries que está ganhando o coração dos jogadores!

Enfim, apresento os dados consolidados do mês!


Resumo Agosto de 2020

Sendo:
*Qt: Quantidade presente do arquétipo nos eventos analisados
*Archetype: Nome dado ao arquétipo analisado
*W: Quantidade de vitórias do arquétipo nos eventos analisados
*L: Quantidade de derrotas do arquétipo nos eventos analisados
*%W: Percentual de vitória do arquétipo nos eventos analisados (W/(W+L))
*%W_Smooth: Percentual REAL de vitória do arquétipo nos eventos analisados, corrigido com Additive Smoothing
*Qt(%): Quantidade presente do arquétipo nos eventos analisados, em percentual
*Top8s: Quantidade de vagas no top 8 ocupadas pelo arquétipo nos eventos analisados
*Top1s: Quantidade de vezes em que o arquétipo analisado foi campeão no eventos analisados

metanalysis-s01e07-agosto-quantidades

Metagame por quantidades – Dados provenientes do Challenge Project [1]

Conforme esperado, vemos que o Tron segue como campeão em escolha pelos jogadores. Além disso, o arquétipo superou os números do mês anterior tanto em quantidade como em percentual de vitórias. Vale lembrar que boa parte desses números estão “no colo” dos mesmos jogadores que sempre optam por jogar de Tron, faça chuva ou sol.

Um segundo ponto de destaque é o UB Faeries. Agora com cópias suficientes para análise, vemos que o arquétipo de fato é uma potência nesse metagame. Com jogos favoráveis contra Tron e bem equilibrados contra a maior parte dos outros arquétipos do metagame, o UB Faeries mostra que chegou pra ficar, e já desponta com um percentual de vitórias de apenas um ponto percentual menor que o Tron, o melhor no quesito entre os dez arquétipos mais presentes.

Por fim, vemos UR Skred e Boros Monarch com valores bem aceitáveis de percentual de vitórias, e o UB Next Level Drops que agora mostra um percentual de vitórias bem baixo, o menor da curva inteira. De fato, o UB Faeries dividiu muito a escolha dos jogadores que antes optavam pelo UB Next Level Drops, e que agora preferem o arquétipo das fadas, que possui algumas vantagens já citadas no metagame atual em relação ao seu irmão mais velho.

Metagame por Percentual de Vitórias – Dados provenientes do Challenge Project [1]

Vamos agora analisar os dados do ponto de vista de percentual de vitórias, que é de fato o que mede a força de um arquétipo. 

Um primeiro ponto de destaque vai para o UW Familiars. Já comentei em Metanalysis passados que este arquétipo é de fato muito forte e que merece seu devido respeito. Esperava que seu desempenho caísse com o banimento recente. Mas jogadores como o saidin.raken, que investem tempo e esforço no arquétipo, mostram que com empenho e no metagame correto, esse é um forte candidato a campeão, principalmente na presença de Trons.

Temos também o MonoG Walls Combo nessa lista. Apesar da baixa quantidade, o arquétipo vem, mês após mês, mostrando bons percentuais de vitória, e recai ao mesmo caso do UW Familiar, onde empenho e esforço, e o metagame correto, podem fazer dele um forte oponente, que também se favorece da presença de muitos Trons.

Por fim, destaco o Jeskai Affinity. Nessa análise de percentual de vitórias, anteriormente, conseguimos enxergar arquétipos que hoje são consolidados no metagame, como o próprio UB Faeries. Assim acredito ser também o caso do Jeskai Affinity. Com a postura midrange que a combinação Jeskai permite, e a força do aggro que a mecânica dos artefatos traz, este é um forte candidato a oponente de peso para os midranges azuis e para os outros aggros do metagame.

Em linhas gerais, o metagame apresenta uma saudável diversidade, apesar do comum apoio nos pilares Tron, Boros Monarch e Midranges azuis. Arquétipos como o MonoG Walls Combo, o UW Familiars, e até o mais recente Brute Squad conseguem bons resultados, mesmo na presença destes pilares. Isso, e a constante mudança e criação de novos arquétipos, mostra que, no geral, o formato consegue se manter e não se degenerar, e a competição continua saudável para todos.


Spotlights de Agosto

Colin Boyer - Original Magic Art

O primeiro spotlight do mês vai para, claro, o UB Faeries! Comentamos diversas vezes em artigos passados o quanto esse arquétipo era promissor, e agosto mostrou que estávamos certos! O arquétipo de fato é muito forte, consegue jogos muito equilibrados, e sem sombra de dúvidas veio para ficar. Deixo também uma menção ao Hamuda, que hoje provavelmente é o melhor piloto do arquétipo no Brasil!

O segundo spotlight vai para o Brute Squad. Debutante no Pauperganda, o arquétipo apareceu em um dos eventos do mês no top 8, e em diversos outros resultados das ligas do Magic Online. Mostra já potencial e é uma ótima escolha para quem quer um aggro mais rápido que o Stompy, e mais versátil que o Affinity. 

8 reasons you should be more like Inigo Montoya at work - Ragan  Communications

Imagino que o nome seja proveniente a uma cena cômica e famosa do filme The Princess Bride. Se for, já deixo os meus agradecimentos pela referência (Hello, my name is Inigo Montoya)! 


Expectativas para Setembro

Vou começar já apresentando os gráficos dos arquétipos mais prováveis de empregarem impacto no próximo mês.

Como o metagame é cíclico, e os resultados de um evento interferem quase que diretamente no outro, acredito que o Tron volte com uma curva ascendente pelo menos nos primeiros eventos do mês de setembro. Utilizando o mesmo racional, o Boros Monarch deve apresentar uma queda em presença, alterando o seu ciclo atual. 

Assim, com tendência de aumento para o Tron e de queda para o Boros Monarch, haverá espaço para uma nova subida dos midranges azuis como UB Faeries e UR Skred, e talvez uma disputa de boas colocações por aggros mais lineares como o Stompy.


Conclusões

E aí, concorda com as análises? O mês de agosto foi marcado por muitas perturbações no metagame, e a previsibilidade pelos dados ficou ainda mais difícil! Deixem seus comentários a respeito, aqui ou nas nossas redes! Sempre que possível estarei respondendo a todos!

Enfim é isso, com dois breakpoints fechamos o mês de agosto e estamos preparados para os desafios de setembro! Todas as listas citadas estão nos links postados semanalmente na nossa página no Facebook e no nosso perfil no Instagram! Temos também um LinkBio atualizado semanalmente com os principais links postados nas nossas redes e nos nossos artigos. Comente com os amigos pois a sua propaganda é sem dúvida de suma importância para continuarmos trazendo artigos cada vez melhores para vocês!

Nos vemos no próximo artigo!

Até breve!

Fontes

[1] Dados retirados do Challenge Project.

ABRAÇO PRO LUKAO


Álvaro França

Formado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal Fluminense, trabalha como cientista de dados no mercado de energia e joga Magic:The Gathering desde 1998, com ênfase no formato Pauper desde 2009. Aventurou-se em vários card games e demais jogos de estratégia durante a vida e acumulou largo conhecimento na teoria e prática desse tipo de jogo.

1 comentário

Metanalysis S01E08 - Setembro de 2020 - Mind Gears · outubro 4, 2020 às 22:46

[…] mês de agosto vimos, de início, o Tron mostrando listas mais alinhadas entre os jogadores e já abusando das […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *